Ap. Júnior Leão

  • Imprimir

Nascido em 1988, o irmão Júnior Leão é natural de Teresina, Piauí. Em 2001 converteu-se e recebeu seu chamado para anunciar o Reino de Deus. Com a visão de Deus sobre santidade, adoração, renuncia e rendição o apóstolo Júnior vem cooperando com o Espírito Santo para edificação de muitos.

Em seu caminhar diário com o Espírito Santo tem sido usado para o despertamento de uma geração de adoradores e pessoas que abraçam com toda força um relacionamento com Deus. Por exercer seu ministério de maneira séria, compromissada e honesta, o apóstolo Júnior Leão acumulou inúmeras experiências com o Espírito o qual tem sido um combustível altamente inflamável para impactar toda uma geração para intimidade com o Espírito Santo.

 

Com apóstolo, exerce seu chamado com direção do amado Espírito Santo, o apóstolo Júnior Leão foi chamado para este ofício e o Espírito tem confirmado de acordo com uma série de revelações:

Uma noite tive um sonho. E neste sonho Jesus apareceu para mim, estávamos em uma cidade que não sei bem qual era. Ele se apresentou, olhou para mim com um olhar que nunca tinha visto na minha vida. Era terno, calmo. Era como se os olhos dele me penetrassem profundamente e visse tudo o que tinha dentro de mim. Eu sabia que isso acontecia, e era constrangedor. Neste momento ele sorriu para mim e disse:

"-Porque eu te amo?"

Fiquei sem respostas, pois foi algo que bateu em mim com uma marreta em uma parede de barro. Ele sorriu novamente e disse:

"-Venha, caminhe comigo um pouco."

A cidade era parecida com os EUA ou Moscou. Rapidamente o cenário mudou e estávamos andando nas ruas de Jerusalém. Caminhamos e paramos na entrada da cidade, eu olhei e puder ver a beleza daquela cidade, mesmo nos tempos antigos. Assim que entramos na cidade comecei a ouvir um grito. Era um homem cego que gritava perto de nós. O cego chegou próximo de nós e disse que queria enxergar. Jesus ordenou que ele tornasse a ver. Instantaneamente o homem cego estava vendo. Ele louvava a Deus de uma forma bem peculiar (hosanas, glória a Deus, aleluias).

Então Jesus voltou-se a mim, colocou a mão no meu ombro de disse:

"- Júnior, vá, faça o mesmo. Eu te chamei como apóstolo para despertar minha igreja, anuncie o Meu evangelho agora."

Dado este momento eu acordei-me tremendo pelo poder de Deus. A presença dEle era notória ali, era real, palpável. Dias depois recebi diretrizes acerca deste ministério; e afirmo meu apostolado tem propósito e não visa o titulo, mas a missão.