Sucesso Ministerial

  • Imprimir

Pois Deus ungiu a Jesus de Nazaré com o Espírito Santo e com poder o qual andou fazendo o bem, e curando a todos os oprimidos do diabo, porque Deus era com ele. Atos 10:38

São vários os e-mails que recebo de pessoas perguntando qual a causa do meu "sucesso". Vale lembrar aqui que o sucesso que estou mencionando nada tem haver com ser pop-star-gospel, mas sim com a capacidade de fazer um trabalho e lograr sucesso nele. Quem já me viu ministrando certamente me viu na dependência total do Espírito Santo. Quando eu me conscientizei que sem Ele não existe nada eu pude então ter sucesso no que eu ministrava.

Como aconteceu no meu primeiro encontro com o Espírito Santo, assim tem sido até agora. Uma dependência como de uma criança recém nascida que precisa dos pais para tudo. Sem o Espírito Santo eu não sou nada, absolutamente nada. Quando se percebe isso, pode-se viver o sucesso que eu vivo e que Jesus viveu, mais Cristo do que eu pra ser sincero. Jesus foi ungido pelo Espírito Santo e andou na dependência do mesmo por toda sua estadia na terra. É interessante falar isso aqui, pois Jesus não atribuiu nenhum milagre a si. 

Vou explicar melhor! Jesus quando realizava algum milagre era por meio do Espírito Santo. Ele até chegou a dizer isso uma vez.

"Mas se eu expulso os demônios pelo Espírito de Deus, logo é chegado a vós o Reino de Deus. Mateus 12:28"

Quando Jesus desceu a terra ele veio inteiramente como homem. Muitas pessoas afirmam que ele era metade Deus e metade homem. Só que eu não entendo de onde eles inventam essas coisas. Pois está claríssimo nas cartas a Igreja que ele se despojou inteiramente de sua glória e divindade.

"Que, sendo em forma de Deus, não teve usurpação ser igual a Deus, mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens; e, achado na forma de homem, humilho-se a si mesmo, sendo obediente até a morte, e morte de cruz." Filipenses 2:6-8

Como homem ele precisava do Espírito Santo para realizar a sua tarefa de reconciliar o mundo com o Pai. Somos tentados e devemos ceder a esta tentação de olhar para Jesus como um homem que estava no padrão de unigênito Filho de Deus, ou seja, um Deus que se tornou homem para se tornar Filho de Deus, o primeiro de muitos.

"Porque, a qual dos anjos disse jamais: Tu és meu Filho, Hoje te gerei? Eu lhe serei por Pai, e ele me será por Filho?" Hebreus 1:5

Assim também Cristo não se glorificou a si mesmo, para se fazer sumo sacerdote, mas aquele que lhe disse: Tu és meu filho, hoje te gerei." Hebreus 5:5

Bom, seguindo a maré, vemos que Paulo nos diz que devemos ser guiados pelo Espírito Santo, pois assim seremos filhos de Deus. Jesus foi guiado pelo Espírito ao batismo, para o deserto, de volta do deserto e assim até a cruz. Observem claramente a dependência dele em tudo que fazia e dizia! Jesus é o nosso exemplo e ninguém na terra vivente ou já morto pode tomar o lugar dele. Jesus tinha um códex maravilhoso para o seu sucesso. Vejamos!

"...mas falo como meu Pai me ensinou." João 8:28 "E Jesus lhes respondeu: Meu Pai trabalha até agora, e eu trabalho também. Mas Jesus respondeu, e disse-lhes: Na verdade, na verdade vos digo que o Filho por si mesmo não pode fazer coisa alguma, se o não vir fazer o Pai; por que tudo quanto ele faz, o Filho o faz igualmente." João 5:17,19

Uaaaallllll. Isso é maravilhoso. Que códex surpreendente. Se o Pai trabalha eu trabalho também, o que o Pai me diz eu falo, o que eu vejo Ele fazer eu faço. Não precisa de mais palavras para poder endossar a este estudo. Que Deus em Cristo vos abençoe.